Vergonha de ser chamado de homem!


Vergonha!


Nem sei por onde começar.

Hoje acordei e olhei-me ao espelho,

Algo de mal acontecera anteriormente.

Senti vergonha de ser homem de ser pessoa de ser humano.

Ontem assisti a um dos momentos mais marcantes na minha vida, uma irmã minha foi agradada pelo ex marido. Uma pessoa simples que quis simplesmente viver novamente divorciou-se e tentou começar uma vida nova, insatisfeito com a decisão tomada o "animal" decide guardar a fúria e revelá-la frente a uma multidão em uma esplanada de café!

Acto de puro desespero animal e psicopata.

Chega á esplanada á falsa fé de mão fechada bate numa mulher pondo-a a sangrar!

Tenho até em dizer que ao tratar tal coisa por animal caio em erro porque até os animais fazem as coisas por instinto não por maldade, pois eles não têm a capacidade de racionar sobre as coisas.

Bem continuando a fábula da vergonha...

Deparo-me perante uma situação extremamente complicada, um casal que ao nascer a primeira filha o homem fica todo contente e é a melhor pessoa do mundo ("ponto importante eu tinha nascido um ano e alguns meses antes"), quando por ventura a mulher calha de engravidar pela segunda vez, isto após alguns anos, este sai de casa e abandona por tempos mulher e filha. Voltando logo depois de uns tempos com ar de arrependido, pai não presente que comprava e compra a sua presença com presentes, torna-se quase publico que quando ele saiu de casa ele tinha uma amante, a qual manteve e acho que mantêm até hoje.

Amor de mãe é grande e penso que uma mãe é capaz de passar um inferno por um filho porque é vida vinda da vida dela, mas aguentar tanto tempo traição, desconfianças, maus-tratos e por vezes agressões. Dizem que o amor é cego mas se esta mulher o ama e recebe em troca tudo o que acabei de dizer..bem só uma coisa me falta deve ser o deus do sexo porque só passar em casa com ele o intervalo entre as 5 da manhã e a hora de ela ir trabalhar só se fosse no sexo que ele a fizesse feliz.

Fui crescendo ao par desta história com a minha sobrinha que é mais nova do que eu um ano e poucos meses via um homem que nunca estava em casa e quando era altura de presentes dava o mais caro que havia, um homem que não punha dinheiro em casa simplesmente comia á pala do rendimento da mulher e dividia o seu sono entre a casa dele e a da amante, sim porque seu dinheiro era para passeios e para manter a "outra".

Agora fico a pensar, uma mulher faz isto tudo por duas filhas, abdica de ter vivido e ter apenas sobrevivido. Quando decide viver, esta separa-se e fica com as filhas como obvio e quando isto acontece tenho que ir eu um irmão a dar a mão á mulher na ambulância até ao hospital, a filha mais velha tem 19 anos e fui com a pessoa que causou isto tudo lá ter, pergunto-me porque não quis ir na ambulância. Há e o mais engraçado a filha mais nova de 12 anos assiste á cena de o pai bater na mãe frente a toda a gente a primeira preocupação foi tentar com que as pessoas que se revoltaram com o homem não o magoassem...

Pergunto-me agora seremos todos uns bichos que andamos aqui para nos devorar uns aos outros, pois mais que isso não podem ser, quem teve o amor de uma mãe e vê um homem a bater-lhe e a primeira coisa que faz é ir ter com ele isso não se faz....

Conclusão sobre a vergonha que sinto!

Tenho vergonha de ser homem, pois a generalidade é julgada por actos de animais como este! Um ser tão frágil mentalmente que não tem um pingo de sanidade mental.. E eu hoje sou homem e sou julgado 90% das vezes injustamente por pessoas que têm atitudes como este animal..

Quem ler isto e se for mulher que pense duas vezes antes de dizer mais uma vez que seja "vocês homens são todos iguais" posso ter muitos defeitos mas não me vejo ater atitudes sequer similares e muito menos sendo filho a ter atitudes como as das filhas..Pai meu que batesse a minha mãe sem razão nenhuma e por ela estar a tentar refazer a vida que perdeu com ele, não merecia numa mais na vida o direito de que eu sequer voltasse a olhar para ele..

Tenho dito...

1 Response to "Vergonha de ser chamado de homem!"

  1. Catarina says:
    29 de setembro de 2010 às 16:45

    Deves perceber a miuda de 12 anos... E bom ela nao ter raiva do pai e apesar de saber que o que fez nao foi correcto, ela ve uma pessoa que ama e nao quer que a magoem. Ela tem um sentimento puro. Nao tem maldade. Ate podes estar revoltado, mas tenta entender. As vezes por mais que ele so tenha errado, nao tenha nada nele de bom, nao conseguimos guardar rancor pois ele e o nosso pai. Por mais que nao mereça perdao, nos precisamos de o perdoar...


    Catarina (Estgf)

Enviar um comentário